Editorial

Esta casa também é minha!

Como Executivo, aos 64 anos, olhar para trás é sempre um aprendizado para o futuro!

Não podemos desprezar tudo o que vimos e aprendemos, pois é isto que nos prepara para o grande salto, para a grande revolução que bate a nossa porta.

Para mim, diferentemente dos que chegam agora, as mudanças, não são surpresas, não são novas – são sim, mais rápidas. Percebo-as homeopaticamente – um pouco a cada vez, cada vez mais velozes e integralmente conectadas.

Como engenheiro, além de Executivo, também estou conectado em muitas coisas, que para simplificar divido em 2 grandes temas – como fazer para continuar produzindo resultados num mundo em tão grande transformação e como continuar a desenvolver-me continuamente, nas ciências e na vida.

Para o primeiro tema, frequento associações, organismos de classes, mantenho ativo meu networking, vejo onde estão as prioridades do país e do mundo que afetam meu negócio, me preocupo em onde posso buscar financiamentos e incentivos, como faço para desenvolver novos projetos, como faço para integra-los a nossa realidade diária, e como atender aos desejos dos acionistas. E, num país tão raro como o nosso, para falar pouco.

O segundo tema .... Este é o que me ajuda a desenvolver-me continuamente. Temos instituições que funcionam muito bem no Brasil, que estão aí para apoio a Indústria Nacional. Dentre estes, evidencio o SENAI. Poucos no mundo, são como este. Amparar jovens desde o ensino médio, passando pela faculdade até a pós-graduação, é missão de poucos. E em tantas ciências... das básicas como ciências da agricultura, tecelagem, mecânica, fundição, plásticos, até as mais sofisticadas como automotiva, médica – e mais recentemente, Gestão e Programas de Indústria 4.0.

O SENAI, dá mais um enorme salto na direção das empresas com os programas de Gestão e Indústria 4.0, pois preenche uma enorme lacuna, onde os empreendedores brasileiros, das pequenas e médias empresas não tem muitas alternativas – nem para se preparar, nem para investir, nem para entender como tudo isto irá afetar seus negócios.   

Nos últimos anos – tenho sido um grande consumidor de todas estas capacidades disponíveis – uso a alta capacidade tecnológica latente, me beneficio das pessoas que detém estes conhecimentos me ajudam a transformar o negócio, das estruturas que me colocam num grande networking brasileiro e internacional.

Talvez, seja momento de um parênteses – o SENAI desenvolveu, usando os mais avançados recursos da Mecatrônica, máquinas avançadas de medição automática de peças, sem contato físico, em produção contínua de massa. Contribuiu também de forma muito significativa, na construção e aprovação de um dos maiores projetos de Industria 4.0 realizados no país nos recentes últimos anos.

Isto é feito, por mais que uma instituição - pelas pessoas que a compõe, que a tornam possível e viável. Posso afirmar que esta relação tão íntima, contribui para que se possa levar a Indústria Brasileira, muito em breve a um novo patamar.

Por isto, com forte sentimento de participar e pertencer, escrevo – Esta casa, também é minha!

Guido Ganassali

CEO da CECIL Laminados Ltda.

Publicado: 2019-11-28