ANÁLISE DE TÉCNICAS DE CHAVEAMENTO BIPOLARES E UNIPOLARES EM CONVERSORES CONFIGURADOS EM PONTE H APLICADOS EM MOTORES DE CORRENTE CONTÍNUA

  • Lucas Felfoldi Santos Faculdade SENAI de Tecnologia Mecatrônica
  • Sergio Luiz Volpiano Faculdade SENAI de Tecnologia Mecatrônica
  • Paulo Sebastião Ladivez Faculdade SENAI de Tecnologia Mecatrônica
Palavras-chave: Chaveamentos Bipolares e Unipolares, Motores de Corrente Contínua, Pulse Width Modulation

Resumo

As técnicas de chaveamento para conversores consistem em modos de acionamentos de uma máquina elétrica de forma eletrônica. Neste caso em específico, os chaveamentos bipolares e unipolares estão focados na comutação de chaves eletrônicas para controle de motores de corrente contínua através de seu enrolamento de armadura. Um sistema de potência configurado em ponte completa, conhecido também como “ponte H” utiliza pares de funcionamento, que podem ser comutados de maneira independente ou complementar. Desta forma, reações eletromecânicas diversas podem ser observadas no motor, que vão desde uma frenagem acelerada ou até estabilidade da velocidade angular. Alguns destes comportamentos podem ser simulados via software. Este artigo traz uma revisão fundamental sobre o motor de corrente contínua de ímãs permanentes e também sobre o princípio de chaveamento dos controladores eletrônicos, o PWM (Pulse Width Modulation, que é traduzido por Modulação por Largura de Pulso). Apoiado por pesquisas, este artigo também detalha a simulação e o resultado prático dos diversos tipos de chaveamentos listados para esta configuração de potência eletrônica.

Publicado
2022-03-30
Seção
Artigos