Edição Atual

v. 3 n. 3 (2021): Edição Regular

Editorial 

Lean Manufacturing, Tecnologias da Industria 4.0 ou ambos?

Atualmente vemos que as operações realizadas nas empresas, aumentam cada vez más em número e complexidade e representam um desafio aos recursos convencionais disponíveis pela filosofia do Lean Manufacturing. Diante desse horizonte, surgem as tecnologias digitais da Industria 4.0 como uma possível alternativa para poder responder a esse desafio.

Experiências indicam que para obter os melhores resultados em termos de aumento de produtividade e excelência operativa é fundamental implementar ambas as alternativas, porém não na forma sequencial, mas sim em forma integrada, conceito que atualmente se conhece como LEAN 4.0

Mediante a implantação do Lean 4.0 é possível reduzir os custos de fabricação em até 40% dentro de um horizonte de 5 a 10 anos, um tempo significativamente menor que os obtidos em implantações separadas do Lean ou das técnicas da Industria 4.0.

As tecnologias digitais da Indústria 4.0 não são suficientes para garantir a eficiência da produção, antes de integrar e automatizar processos, instalar sensores e robôs, é necessário melhorar os processos para eliminar as perdas, atacando as fontes geradoras de desperdícios. Por outro lado, uma análise de Big Data por exemplo, pode ajudar a empresa a identificar quais produtos tem valor para o cliente e de esta forma a empresa pode focar neles para se manter competitiva no mercado.

Ao fusionar os conceitos do Lean Manufacturing com as tecnologias digitais da Indústria 4.0 conseguimos potencializar a melhoria da produtividade da empresa:  o Lean foca na eliminação de desperdícios “produzir mais com menos recursos”, e é nesse sentido que a integração de processos e a automação, pilares da Industria 4.0 contribuem com esse propósito.

Existem muitas vantagens na integração entre o Lean e as tecnologias da Industria 4.0, vejamos algumas:

  • Indicadores atualizados em tempo real, que permitem a tomada de decisões com maior rapidez e exatidão;
  • Uso da disponibilidade remota dos índices de produtividade em cada operação mediante dispositivos digitais integrados (tablets, notebooks e smartphones);
  • Acionamento imediato das equipes de manutenção diante de algum imprevisto graças ao monitoramento dos equipamentos online;
  • Verificação de condições de status dos equipamentos, como perdas de rendimento e produção de refugos (peças reprovadas pelo controle de qualidade) em cada processo em tempo real;

Finalmente podemos nos perguntar: mas como fazer essa implementação em forma integrada para obter o maior benefício?

De fato, não existe uma fórmula mágica, cada caso deve ser pensado em função da realidade específica e dos objetivos a serem atingidos. A combinação de ferramentas do Lean com as tecnologias da Indústria 4.0 devem ser analisadas e selecionadas para atacar problemas específicos com a máxima eficiência. Para conseguir isso, é fundamental o conhecimento das ferramentas do Lean Manufacturing assim como das tecnologias digitais da Industria 4.0 para poder escolher de forma acertada a estratégia a ser adotada.

Prof. Jorge Antonio Giles Ferrer

Dr. Eng. Mecânica

Publicado: 2021-04-29
Ver Todas as Edições